Legumes assados e tostados

Na escola onde trabalho toda semana tem feira orgânica. É uma delícia! As crianças adoram ficar atrás da barraca ajudando e brincando de feira. Há duas semanas encontrei cenouras bonitas, com as ramas, pequeninas, pedindo para serem levadas. Na hora me lembrei de uma receita da Vivian, do Francinha Cooks, de cenouras assadas. Levei. Cheguei em casa e cortei as folhas verdes, lavei bem, as enfileirei em um forma anti-aderente, coloquei sal, azeite e sumo de um limão e forno bem quente por 40 minutos (virando de vez em quando para dourarem por inteiro). Ficou tão bom que nem me lembro qual era o prato principal. As cenouras foram as estrelas.

17229995_1593639117332129_1805821726_o

Também levei beterrabas naquele dia. E lembrei de outra receita, dessa vez da Dani Noce. Corte as beterrabas em gomos (não muito grandes) e coloque em papel alumínio.Tempere com sal, azeite, pimenta do reino e limão e feche formando uma trouxinha. Leve a forno bem quente por 40 minutos. Nham! As minhas até vazaram um pouquinho, queimando em baixo, criando uma crostinha ma-ra-vi-lho-sa. Viva a reação de Maillard!

17237276_1597269340302440_1082373751_o

E pra completar minha semana apaixonada por legumes assados e tostados, comprei quiabos no mercado (desta vez não foram orgânicos0) e cortei no meio. Mais uma vez: sal e azeite e forno bem quente. Em 15 minutos estavam prontos! Lembrando de virar para tostar dos dois lados. Ficou super crocante, um sabor incrível! Eu amo quiabo de qualquer jeito, mas esse ficou bem diferente, vale provar.

Mesmo no calor que está fazendo aqui em São Paulo, não me arrependi de ligá-lo e cheguei a conclusão que os legumes são muito mais gostoso assados. Tudo muito simples e incrivelmente saboroso! Você pode variar os temperos, adicionando páprica, cúrcuma, orégano, alecrim, sálvia, manjericão, alho, shoyu, azeite balsâmico… e misturando com qualquer legume: batata, batata doce, berinjela, abobrinha, cebola, tomate, pimentão, abóbora, brócolis…o que você tiver em casa.

Queimadinho assim é sempre mais gostoso!

17200846_1597269333635774_413264674_o

Pão de queijo colorido

Na escola onde eu trabalhava, uma das professoras já tinha feito a receita de pão “falso” de queijo de mandioquinha da Bela Gil e foi um sucesso. As crianças e bebês adoraram e fica realmente muito saboroso. Nem dá pra sentir falta do queijo, mas é claro que você pode adicionar na receita caso não tenha nenhum tipo de restrição.

IMG_2919

Na semana passada, decidi testar a receita com uma aluna particular e resolvi incrementar um pouco, fazendo suco de beterraba e couve para tingir os pãezinhos. Eles ficaram lindos e bem gostosos. Acabaram murchando um pouco quando saíram do forno, mas comemos todos quentinhos mesmo assim.

É uma ótima ideia pra fazer com as crianças na escola e explorar os alimentos que podem servir de tintas naturais nas receitas… tudo sem corante artificial, por favor!!

IMG_2917

Aqui vai a receita, da própria Bela Gil. Para os pães de beterraba e couve, substitua a mandioquinha por batata ou batata doce e a água pelo suco dos dois vegetais.

  • 200g de polvilho azedo
  • 300g de polvillho doce
  • 150ml de azeite de oliva
  • 500g de mandioquinha (cozida e espremida) (use batata se estiver fazendo os pães coloridos)
  • 1/3 de xícara de água (para fazer pães coloridos, use suco de beterraba ou couve)
  • 1 colher (chá) de sal marinho
  • 1 colher (sopa) de orégano, alecrim, manjericão ou açafrão da terra (para ficar mais amarelinho)
  • 200g queijo ralado (opcional)

Misture todos os ingredientes, deixando a água ou sucos por último para dar o ponto (desgrudar das mãos). Se quiser, adicione o queijo ralado. Faça bolinhas e leve ao forno pré-aquecido a 180C por 20 minutos, ou mais para dourar. Se sobrar muito, coloque as bolinhas de massa não assadas enfileiradas em um forma no congelador e após 3 horas transfira para um saquinho. Perfeito pra lancheira das crianças ou café da manhã.

IMG_2918