A saga do bolo de limão, framboesa e sementes de papoula


Durante um domingo em família visitando a cidade de Morungaba, interior de São Paulo, encontrei sementes de papoula para vender. Foi na loja da Companhia das Ervas, cheia de tubinhos coloridos, geleias, conservas e pimentas. Eu nunca tinha visto as sementinhas pra vender… e sempre quis fazer uma receita de lemon poppyseed cake que eu via nos programas de culinária estrangeiros na TV. Sem titubear, peguei um dos frasquinhos e levei pra casa!

Então, chegou a hora de achar a receita perfeita! Não sou muito de fazer bolos, por isso nem um bolinho simples de limão eu tinha na manga pra incrementar com as sementes. Fui no livro na Danielle Noce, o Por uma Vida Mais Doce, e encontrei a receita exatamente do jeito que eu procurava: Bolo de Limão com sementes de papoula. Porém, a receita pedia oito ovos. Sim. O I T O ovos. Me recuso. Me recuso a colocar oito ovinhos numa receita de um simples bolo. Pra quê tudo isso? Se alguém souber a resposta, por favor me conte!

Impressionada com tantos ovos, que além de serem caros, também são bem complicados e se produzir, (Essa matéria Ailin Aleixo do Gastrolandia é ótima para conhecer mais de perto a produção de ovos no Brasil), resolvi procurar uma receita vegana. Vamos poupar algumas galinhas, né? Encontrei essa do Presunto Vegetariano e resolvi incrementar. Na minha cabeça tudo se complementava: “Humm, vou fazer um bolinho de limão, colocar as sementes de papoula, algumas framboesas e por cima uma farofinha crocante igual aos muffins americanos!”. Eu queria fazer um muffin gigantão, em uma forma de bolo inglês. Na minha cabeça estava tudo perfeito. Só na minha cabeça.

Foi um desastre. O bolo não assou, transbordou da forma, a farofinha crocante virou um torrão de açúcar com manteiga (essa parte não era vegana, rs) e o bolo ficou com um cheiro horrível. Foi pro lixo. Que dó das minhas preciosas e caras framboesas. 😦

Mas, não podemos desistir, não é mesmo? Claro que podemos, rs. Desisti da farofa e do bolo vegano e da minha vontade de fazer tudo sozinha sem encontrar uma receita específica pra minha ideia. Digitei no Google “bolo de limão com framboesa” e encontrei essa belezinha de receita. ❤ A única mudança foram as sementes de papoula que acrescentei, e o resultado ficou incrível! (Vamos deixar a farofinha pra uma próxima, né?)

Ficou tão bom que repeti, mas dessa vez substitui o iogurte por leite e eu só tinha 2 ovos na geladeira e deu certo mesmo assim. Ah, antes de dar certo mesmo, tive algumas dificuldades com o forno. Eu nunca tinha usado a forma de bolo inglês, e após 1 hora no forno o bolo ainda estava cru. Aumentei a temperatura e aí deu certo. Na segunda vez, já deixei assando a 230C por 50 minutos e ficou bem gostoso. Cada forno é um forno.

Bolo de limão com framboesas e sementes de papoula

1 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó (eu usei bicabornato de sódio, nesse caso, use para 1 colher de sopa)
1/2 colher de chá de sal
1 xícara de iogurte integral (também pode ser leite)
1 xícara de açúcar
3 ovos grandes (se faltar, use somente 1)
2 colheres de chá de raspas de limão (cerca de dois limões)
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 xícara de óleo vegetal
1 xícara de framboesas congeladas
1 colher de sopa de semente de papoula

Para a calda:

1/3 xícara de suco de limão

1 colher de sopa de açúcar

Misture os o iogurte (ou leite), açúcar, ovos, raspas de limão, baunilha, óleo e as sementes de papoula em uma tigela grande. Quando estiver tudo incorporado, vá adicionando os ingredientes secos: farinha, fermento e sal. Mexa tudo com delicadeza até obter uma massa homogênea. Transfira para uma forma de bolo inglês untada e enfarinhada e asse em forno pré-aquecido por 50 minutos. No meu forno precisei assar a 230C.

Anúncios

Panquecas para o café da manhã das férias

Já faz um tempo eu queria postar receitas para fazer com as crianças nas férias. Ou na escola (para minhas colegas professoras). E essa é uma ótima para começar, pois além de ser deliciosa, é fácil e divertida.

Essa da foto aqui embaixo foi feita durante uma aula particular de inglês com uma criança de oito anos. Foi super divertido e rápido de fazer e ela adorou! Ela mesma que colocou a massa na frigideira e virou e se sentiu super autônoma e feliz por estar cozinhando algo super gostoso! A cozinha é mágica mesmo…

Essas panquecas são aquelas que ficam bem fofinhas e altas, bem no estilo americano. Leva ovos, leite e farinha de trigo, inimigos da alimentação saudável, certo? Errado se você consumir com moderação. Panquecas são parte de um café da manhã especial e provavelmente você não irá (e não deva) fazê-las todos os dias. Maaaas, se você não pode ou não quer consumir esses produtos vou te dar uma dica: substitua o ovo por uma banana amassada, o leite por água ou algum leite vegetal, e a farinha pode ser integral. Nunca testei outros tipos de farinha, mas acredito que dê pra fazer com farinha de grão de bico, polvilho, linhaça ou uma mistura delas.

1 ovo
1 xícara de leite
1 xícara de farinha de trigo
(com esses três primeiros ingredientes já dá pra fazer as panquecas que foi a receita da foto)
2 colheres de sopa de manteiga derretida (opcional, fica mais saboroso)
1 pitada de sal
1 colher de sopa de fermento em pó
(os último ingredientes são pra deixá-las mais saborosas e mais fofinhas)

Misture tudo em uma tigela grande. Aqueça uma frigideira anti aderente e quando estiver bem quente, derrame uma concha da mistura de panquecas. Quando as bordas começarem a ficar mais amarelas, vire a panqueca e vá checando para não queimar. Empilhe as panquecas e sirva com calda, frutas, iogurte ou mel. Nessa da foto usei frutas vermelhas que coloquei uma panelinha com 1 colher de sopa de açúcar e deixei ferver por 8 minutos. Divirtam-se!

 

 

Creme de banana e frutas vermelhas

IMG_1998

Esse creminho é super versátil, pode ser um nutritivo café da manhã, lanche da tarde e até sobremesa! No verão eu uso todas as frutas congeladas, mas agora que tá mais friozinho, só as frutas vermelhas vão pro mixer geladinhas e aí vira um creminho. Se você usar a banana congelada também, aí a sobremesa tá garantida! Um sorbet maravilhoso vai se formar. E pode ser criativo! Use a fruta que quiser, mas indico a banana ou manga que dão muita cremosidade. Outra boa mistura é manga + maracujá + framboesa ou manga + maracujá + hortelã. É um ótima receita pra fazer com as crianças e observar a mistura de cores lindas das frutas. Vocês podem até bater cada fruta separada e brincar de “tinta”, cada um fazendo uma mistura de cores na sua tigela e na barriga 🙂

As opções são infinitas! Divirta-se!

Creme de banana e frutas vermelhas

  • 2 bananas maduras
  • amora e mirtilo congeladas a gosto
  • 1 colher de sopa de mel (opcional)
  • 1 colher de sopa de chia (opcional)
  • granola (opcional)

Bater tudo no mixer/liquidificador/processador.