Ciranda de receitas: Brownie de Chocolate Meio Amargo e Nutella

Hoje é dia de mais um post especial! Nesta semana da Ciranda de Receitas (expliquei o que é aqui) é a vez da Mel, do Artes da Mel que tem receitas deliciosas! E olha só que maravilha esse brownie! Adorei a dica de fazer nas marmitinhas e presentear as pessoas queridas ❤

IMG_3632

“Esta semana peço licença e vou entrando aqui na cozinha da querida Giulia e trago uma receita deliciosa de Brownie que fica perfeito, úmido e saboroso na medida certa. Adorooooo muito. Espero que gostem também! A receita é de dar água na boca. Geralmente preparo esta receita em marmitinhas para presentear os amigos, é um mimo que certamente irá agradar!”
 
Ingredientes:
-200g de manteiga sem sal;
-150g de chocolate meio amargo;
-2 colheres (sopa) de chocolate em pó;
-3 ovos;
-250g de açúcar;
-130g de farinha de trigo;
-Nutella ou gotas de chocolate a gosto;
-Castanhas a gosto.
 
Modo de Fazer:
1) Derreta a manteiga com o chocolate no microondas;
 
2) Bata na batedeira os ovos com o açúcar até misturar bem.
 
3) Junte o chocolate, a farinha e o chocolate em pó e misture bem;
 
4) Unte e enfarinha uma assadeira e despeje a massa; Por cima coloque a nutella, eu fui pingando algumas gotinhas com a ajuda de uma colher; e por fim salpique a castanha. Já usei amêndoas e castanhas do pará.
 
5) Leve para assar em forno pré-aquecido a 180º  por 25 minutos.

Raros Fazedores de Chocolate

 

Quando estava pesquisando sobre os expositores do Mercado Manual que aconteceu nos dias 29 e 30 de abril no Museu da Casa Brasileira, me deparei com o nome “Raros Fazedores de Chocolate”. Claro que fiquei super curiosa e minha vontade de conhecer a feira só cresceu. Mas, acabei chegando tarde e eles tinham ido embora 😦 o chocolate todo foi vendido! Ou seja, só fiquei mais curiosa e com mais água na boca ainda.

Os Raros Fazedores de Chocolate são, na verdade, dois agronômos (um casal <3) que resolveram fazer chocolate da forma mais pura possível. E conseguiram! A maioria das barras que produzem têm só dois ingredientes: cacau e açúcar. Como não amar?

Depois de alguns dias, descobri que os chocolates começaram a ser vendidos na loja A Queijaria, na Vila Madalena (perto do trabalho do marido! yay!) e então, pude experimentar um chocolate 100% puro e 100% brasileiro. Logo na primeira mordida, estranhei. Definitivamente o gosto não é de chocolate, ou pelo menos do gosto de chocolate que estamos acostumados a comer. É ácido e amargo, mas é bom. É de verdade! É esse o gosto do cacau. Forte.

Experimentamos o 66% feito com cacau de Linhares no Espírito Santo. Esse da foto é o 60% cacau e 20% castanha do Brasil, mais macio e um pouquinho mais suave. Porém a acidez ainda está lá.

O que eu mais gostei foi o conceito: fazer um produto artesanal, brasileiro, do jeito que se fazia há muito tempo atrás e que prioriza bons produtores de cacau. Esse jeito de fazer chocolate tem nome: bean-to-bar. Isso significa que o mesmo produtor seleciona as amêndoas de cacau, faz o processo da torra (a fermentação e a secagem é feita anteriormente, na fazenda), e a moagem, onde a gordura do cacau se liquefaz e se transforma no líquido dos deuses e está pronto para se misturar ao açúcar. Ahhhh, chocolate é uma coisa mágica mesmo. Não é a toa que os Astecas acreditavam que o cacau era um presente do deus Quetzalcoatl, deus da sabedoria.

Tudo isso pra dizer que: você precisa provar chocolate de verdade! É diferente de tudo que já experimentou antes. Talvez você nem goste, mas vale a pena sentir o gosto do cacau uma vez na vida, já que a maioria dos chocolates por aí tem tão pouquinho dessa fruta dos deuses.

Para saber mais:

Raros Fazedores de Chocolate
http://www.rarosfazedoresdechocolate.com.br

A Queijaria
http://www.aqueijaria.com.br/